Em 19 de setembro de 2008, Travis Barker embarcou em um jato particular com seu amigo e colaborador musical, Adam DJ AM Goldstein. A aeronave decolou do Aeroporto de Columbia, na Carolina do Sul, mas logo após a decolagem, um pneu explodiu e o piloto perdeu o controle do avião. A aeronave atravessou a cerca do aeroporto, cruzou uma estrada movimentada e acabou colidindo com um terreno baldio próximo. O impacto foi devastador e ambos os pilotos morreram, assim como dois passageiros que não eram conhecidos de Barker e Goldstein.

O baterista do Blink 182 sofreu queimaduras graves em todo o corpo e fraturas em vários ossos. Suas mãos e pés foram particularmente afetados e houve preocupações iniciais de que ele pudesse perder a capacidade de tocar bateria. Goldstein também sofreu ferimentos graves, incluindo queimaduras e fraturas, e passou a maior parte do tempo em recuperação internado em um hospital.

No entanto, mesmo diante de tais adversidades, Barker e Goldstein lutaram para sobreviver e se recuperar. A equipe médica que cuidou deles foi elogiada por seus esforços heróicos e os músicos também receberam um imenso apoio de fãs e colegas. Naquele momento, muitos se perguntavam se eles seriam capazes de tocar novamente algum dia, mas ambos decidiram trabalhar duro para superar as lesões.

Barker admitiu que o acidente mudou sua vida e sua perspectiva sobre as coisas. Ele se tornou mais consciente da mortalidade e do valor da vida, além de apreciar mais sua família e colegas. Ele também se tornou mais ativo em questões de saúde mental e física, tornando-se um defensor da meditação e do exercício para lidar com o estresse e a ansiedade.

Em junho de 2009, pouco menos de um ano após o acidente, Barker fez sua primeira aparição pública em um concerto de DJ AM em Las Vegas. Embora tenha sido uma apresentação emocionante, tanto para Barker quanto para Goldstein, foi claro que ainda havia um longo caminho a percorrer em suas recuperações. Goldstein, infelizmente, sucumbiu a uma overdose de drogas dois meses depois, deixando ainda mais claro o quão difícil é superar traumas do tipo.

No entanto, Barker continuou sua trajetória de recuperação e, em 2011, tocou com o Blink 182 no Reading Festival, na Inglaterra. Foi um momento emocionante para fãs e colegas da banda, que viram o baterista superar as adversidades e recuperar sua técnica e habilidade.

Hoje, Travis Barker é um dos bateristas mais famosos e respeitados do mundo, tendo trabalhado com artistas como Lil Nas X, Run The Jewels e Machine Gun Kelly. Seu acidente de avião continua sendo um momento trágico em sua vida, mas também é um lembrete do poder da resiliência e da determinação.